Noivo mata quatro pessoas em casamento na Tailândia, incluindo a noiva

TVI , MSM
27 nov 2023, 10:05
Polícia (Getty Images)

Antes de se casarem, Chaturong e Kanchana viveram juntos durante três anos

Era suposto ser um dia de festa, mas o casamento de Chaturong Suksuk, de 29 anos, e Kanchana Pachunthuek, de 44, terminou em tragédia, no passado sábado, no nordeste da Tailândia.

O homem matou a noiva e mais três pessoas. Um crime de homicídio seguido de suicídio, revelou a polícia à BBC.

O noivo, um ex-soldado que era agora atleta paraolímpico, abandonou a boda e voltou armado. Atirou sobre a mulher, a mãe dela, de 62 anos, e a irmã, de 38.

Dois convidados também foram atingidos pelos disparos e foram transportados para o hospital, mas um deles não resistiu aos ferimentos.

Chaturong Suksuk "estava bastante embriagado", disse a polícia à BBC, acrescentando que os motivos do crime ainda não são claros. O homem terá comprado a arma e as munições no ano passado, revelaram as autoridades.

Segundo relatos dos convidados aos meios de comunicação tailandeses, o casal discutiu durante a festa. Houve ainda quem dissesse que Chaturong se sentia inseguro em relação à diferença de idades entre ele e a noiva.

Nesta fase, a polícia, que conta fechar o caso "em breve", aponta que estes relatos não passam de especulação.

Antes de se casarem, Chaturong e Kanchana viveram juntos durante três anos, informa a imprensa tailandesa.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Mais Lidas

Patrocinados