Este truque "6 para 1" pode revolucionar a maneira como fazemos compras (e cozinhamos)

CNN , Karla Walsh*
24 mar, 09:00
Comida 6 1

Aviso: é provável que fique com vontade de cozinhar quando acabar de ler este artigo. E com vontade de comer

inscreva-se no Eat, But Better: Estilo Mediterrânico. O nosso guia em oito partes mostra-lhe um delicioso estilo de vida alimentar apoiado por especialistas que vai melhorar a sua saúde para o resto da vida.

 

Seis vegetais, cinco frutas, quatro proteínas, três amidos, dois molhos e uma coisa divertida - se essa é a sua lista de compras de supermercado esta semana, é provavelmente um fã de Will Coleman, um chef de Nova Iorque, personalidade televisiva e criador de conteúdos nas redes sociais.

Coleman tornou-se viral no TikTok depois de partilhar o seu método "6 para 1", o qual, segundo ele, ajuda a "passar menos tempo na mercearia e a manter mais dinheiro no bolso".

"Também está a reduzir o seu desperdício alimentar porque não está a comprar ingredientes aleatórios de que não precisa realmente", acrescentou.

O que é o método 6 para 1?

Coleman postou originalmente sobre sua filosofia de compras em março de 2022.

@chefwillco My 6 to 1 grocery method makes shopping cheaper and easier! Let me know how you like this grocery shopping method. #6to1method ♬ original sound - Chef Will Coleman

"Eu estava a gastar muito dinheiro em mantimentos, entretendo-me com amigos e criando conteúdo", disse Coleman, um prolífico desenvolvedor de receitas que diz que este método de 6 para 1 mudou vida dele.

Esta técnica semanal torna as compras mais eficientes e económicas e permite acrescentar mais variedade, frescura e orientação aos nossos menus, de acordo com Coleman. Também ajuda a manter os olhos no prémio - adicionando o que realmente precisa ao seu carrinho - em vez de se distrair com os artigos chamativos nas tampas dos supermercados (onde os comerciantes colocam artigos que querem que compremos por impulso).

Aqui está a sua missão 6 para 1, caso decida aceitá-la: procurar seis legumes frescos, congelados ou enlatados, cinco frutas frescas, congeladas ou enlatadas, quatro proteínas, três amidos, dois molhos e um pequeno luxo por ida ao supermercado. Independentemente do local onde faz as suas compras, isto deve ajudá-lo a incorporar mais variedade e a apimentar os produtos básicos da sua despensa sem se sentir sobrecarregado com todas as escolhas - e potencialmente com um investimento excessivo (Coleman tem guias no Whole Foods Market, Trader Joe's e Publix sobre como pôs em prática o método 6 para 1). Não se esqueça de que as lojas pop-in para artigos esquecidos podem estar isentas desta prática.

Embora a estratégia tenha sido originalmente útil para Coleman e o seu parceiro, ele diz que o método 6 para 1 "é para toda a gente". Mesmo para as pessoas que cozinham para um.

Pode utilizar este processo no mercado dos agricultores, no supermercado ou na sua mercearia especializada favorita, com base no quanto quer investir e naquilo a que tem acesso. Aumente ou diminua a escala pegando mais de cada ingrediente para acomodar em casa, explica Coleman.

Os benefícios do método 6 para 1

Coleman fez uma salada Cobb de maçã com cheddar fresco usando o seu hack de mercearia foto: cortesia de Will Coleman

Frances Largeman-Roth, uma nutricionista de Dobbs Ferry, Nova Iorque, mãe de três filhos e autora de "Everyday Snack Tray: Easy Ideas and Recipes for Boards That Nourish for Moments Big and Small", experimentou o método 6 para 1 e informa que funcionou.

"Há tantos benefícios em incluir mais diversidade na sua dieta, desde diferentes tipos de produtos a novos grãos, proteínas e até óleos de cozinha. Mudar o que compramos habitualmente pode ajudar-nos a consumir mais nutrientes", afirma Largeman-Roth por correio eletrónico. "Além disso, ser flexível nas compras é o que todos nós precisamos de fazer se quisermos poupar dinheiro."

A nutricionista e mãe diz que apreciou como o método 6 para 1 permitiu, por exemplo, optar por marcas brancas em vez de marcas de nome ou trocar proteína afetada pela inflação - como ovos - por uma alternativa mais económica, como lentilhas. Largeman-Roth também atribuiu pontos de bónus à ênfase dada às frutas e aos legumes.

"Todos nós precisamos de comer mais desses alimentos, por isso gosto das suas prioridades. E, sem dúvida, é possível fazer várias refeições com quatro proteínas", diz Largeman-Roth. Os amidos, molhos e alimentos divertidos podem ajudar a completar a refeição e evitar que nos sintamos restritos ou tentados a pedir comida, acrescenta.

Como fazer com que o método 6 para 1 funcione para si

Coleman criou o seu hack para controlar o orçamento de mercearia foto Eva Cruz

Este estilo de compras ainda requer algum planeamento de refeições.

Independentemente do seu orçamento, objetivos nutricionais ou tamanho do agregado familiar, "não pode simplesmente ir à mercearia sem um plano e pensar que 6 vegetais e 4 proteínas o vão ajudar durante a semana", refere Largeman-Roth.

"Tem de pensar se vai colocar os peitos de frango com espargos e se precisa de tortilhas para o peru moído que acabou de comprar. Até mesmo um plano aproximado é importante para sair da loja - ou guardar os artigos da sua encomenda de mercearia online - com a mistura certa de produtos para criar refeições."

Dê uma vista de olhos ao stock da sua despensa, frigorífico e congelador. Selecione primeiro as receitas com base no que lhe apetece, recomenda Coleman. Ou, se o orçamento for mais prioritário do que o desperdício de alimentos e a sua disposição, procure o que está à venda e em seguida encontre retroativamente inspiração para o menu em livros de receitas, em blogues ou no Pinterest.

Mantendo essas dicas em mente, Largeman-Roth acabou com:

6 legumes couves-de-bruxelas, espargos, abóbora, aipo e dois kits de salada diferentes;

5 frutas maçãs, bananas, uvas, pomelos (para ela, fora do caminho comum) e morangos;

4 proteínas ovos, almôndegas, sliders e camarão;

3 amidos pão de alho, massa e tortilhas;

2 molhos Ela omitiu-os da sua lista, uma vez que tem muitos à mão, mas referiu que adora salsa e natas azedas;

1 item divertido mistura para brownies.

Se se sentir à vontade na cozinha, Coleman diz que "pode utilizar todos estes ingredientes para fazer refeições espontâneas; combine-os com itens que já tem na sua despensa; experimente massa, uma caçarola, sopa". Ou tacos de abóbora e ovos ao pequeno-almoço com uma salada de frutas, massa de camarão e couve-de-Bruxelas com molho de azeite de alho e sliders com uma salada. E, claro, brownies com cobertura de frutos silvestres para a sobremesa.

Não sabe o que fazer com os seus ingredientes? Para ajudar a orientar os seus fãs através dos corredores (e da preparação das suas refeições), Coleman lançou recentemente um e-book de 9 euros que inclui três semanas de listas de compras e receitas que se alinham com o seu método.

O método funciona mesmo se você estiver a cozinhar com frequência (esta quesadilla de salmão) para uma só pessoa foto: cortesia de Will Coleman

"Este método foi concebido para lhe poupar algum poder cerebral e para o levar a cozinhar e a comer mais em casa. Eventualmente, quero fazer um programa de jogos em que testamos o método 6-1 com famílias de todo o mundo", diz Coleman.


* Karla Walsh é uma escritora freelance de estilo de vida baseada em Des Moines, Iowa, com mais de 15 anos de experiência editorial

Estilo de Vida

Mais Estilo de Vida

Na SELFIE

Patrocinados