Audiência nas salas de cinema dispara 75% e receitas sobem 80%. Foram 9,5 milhões de espectadores e 55 milhões de euros

Agência Lusa , NM
17 jan, 13:14
Cinema

"Top Gun: Maverick", "Mínimos: A ascensão de Gru" e "Avatar: O caminho da água" foram os três filmes mais vistos

Os cinemas registaram 9,5 milhões de espectadores e 55,3 milhões de euros de bilheteira em 2022, num aumento de mais de 70% face a 2021, mas ainda aquém da exibição pré-pandemia, revelou o Instituto do Cinema e Audiovisual.

Os dados provisórios sobre a ida dos portugueses ao cinema, divulgados esta terça-feira pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), indicam que em 2022 houve um aumento de 75% na audiência, com 9,5 milhões de espectadores, quando em 2021 tinham sido 5,4 milhões de entradas.

Nas receitas de bilheteira, verifica-se um aumento de 80%, subindo de 30,6 milhões de euros para 55,3 milhões de euros.

No entanto, comparando com 2019, ano anterior à pandemia da covid-19, os dados demonstram que a recuperação da exibição em sala de cinema tem sido lenta, com a audiência a não conseguir ultrapassar a fasquia dos 10 milhões de espectadores: em 2019 foram registados 15,5 milhões de espectadores e 83,2 milhões de euros de receitas.

Os filmes mais vistos

Dos 9,5 milhões de espectadores contabilizados em 2022 pelo ICA, 1,9 milhões dizem respeito aos três filmes mais vistos: "Top Gun: Maverick" (715.197 espectadores), "Mínimos: A ascensão de Gru" (601.837) e "Avatar: O caminho da água", que em duas semanas de exibição em dezembro somou 594.949 bilhetes.

Quanto ao cinema português, o mais visto foi a comédia "Curral de moinas: Os banqueiros do povo", de Miguel Cadilhe, com 314.285 espectadores.

Os dez filmes de produção portuguesa mais vistos em 2022 totalizam 446.744 espectadores e 2,4 milhões de euros de receita de bilheteira.

Em 2022 foram produzidos 101 filmes com apoio financeiro do ICA, o que representa o dobro em relação a 2021 e um recorde numa década. Em 2013, o número situou-se em apenas 24 filmes produzidos com apoio daquele instituto.

No ano passado, o circuito de exibição de cinema em Portugal contava com 565 salas de cinema, o que significa menos 18 ecrãs a operar, comparando com 2019. Lisboa, Beja e Setúbal foram os distritos que perderam salas, comparando com 2019.

Em média, em 2019, cada sessão de cinema contava com 23 espectadores. Em 2022, esse número desceu para 19 pessoas por sessão de cinema.

De acordo com o ICA, a NOS Lusomundo Cinemas continua a dominar o panorama da exibição por larga maioria, com mais de 60% da quota de mercado tanto em audiência como em receita de bilheteira.

A segunda maior exibidora de cinema em 2022 foi a UCI Cinemas, com 9,4% da quota de mercado em receitas e 10% em número de espectadores.

Quanto à distribuição de filmes em sala, a NOS Lusomundo Audiovisuais também lidera, tanto em receita (47,4%) como em audiência (45,7%), mas com menos distância face à Cinemundo, a segunda maior distribuidora, com 34,3% de número de espectadores e 33,3% em receitas.

Cinema

Mais Cinema

Patrocinados