Darwin é o melhor marcador do Benfica numa edição da Champions

14 abr, 00:02
Darwin Núñez festeja o golo que abriu o marcador no Ajax-Benfica (Getty Images)

Desde que a prova passou a ser denominada desta forma, em 1992. Uruguaio superou registou de Nuno Gomes em 1998/99

Com o golo apontado nesta quarta-feira ao Liverpool no jogo que ditou o adeus do Benfica a esta edição da Liga dos Campeões, Darwin Núñez tornou-se no melhor marcador dos encarnados numa edição da prova desde que esta começou, em 1992, a chamar-se Liga dos Campeões.

O avançado uruguaio superou um registo que pertencia a Nuno Gomes desde 1998/99, época em que o antigo avançado faturou cinco vezes. Nessa temporada, a participação do Benfica na Champions ficou-se pela fase de grupos: as águias terminaram o grupo no segundo lugar, mas à data só os dois menores segundos classificados passavam à fase a eliminar, que começava nos quartos de final e não, como acontece agora, nos «oitavos».

Darwin assinou seis golos em dez jogos, enquanto Nuno Gomes atingiu o registo de cinco remates certeiros ao participar em cinco dos seis jogos do Benfica numa fase de grupos na qual defrontou Kaiserslautern, PSV e HJK.

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados