Azores Airlines aumenta lucro para 10,7 ME no terceiro trimestre

Agência Lusa , FM
6 nov, 19:22
SATA (JoanValls / Urbanandsport / NurPhoto via Getty Images)

No terceiro trimestre de 2023, a Azores Airlines teve um “aumento significativo de passageiros transportados” de cerca de 534 mil

A transportadora Azores Airlines registou um resultado líquido de 10,7 milhões de euros no terceiro trimestre de 2023, que compara com 3,3 milhões de euros no mesmo período do ano passado, foi hoje anunciado.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a SATA revela ainda que a outra companhia aérea do grupo, a SATA Air Açores (responsável pelas ligações entre as ilhas açorianas) apresentou um lucro de 5,8 milhões de euros no terceiro trimestre do ano, uma melhoria face aos 3,9 milhões positivos e aos 900 mil euros negativos nos períodos homólogos de 2022 e 2019, respetivamente.

No total, o grupo SATA obteve um resultado operacional antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) positivo de 40,4 milhões de euros e amortizou dívida bancária no valor de 60 milhões de euros, o que “permitirá ter uma poupança de cerca de 18 milhões de euros até 2026”.

“O resultado líquido do Grupo SATA registou uma melhoria de 28,5 milhões de euros face ao período homólogo”, lê-se na nota de imprensa.

A Azores Airlines (companhia que se encontra em processo de privatização) viu as receitas operacionais aumentar cerca de 28,3% no terceiro trimestre de 2023 face ao mesmo período do ano anterior, atingindo 115,8 milhões de euros.

“Este crescimento deveu-se a um conjunto concertado de iniciativas operacionais e comerciais. Continuámos a apostar na consolidação das rotas da América do Norte e explorámos novos mercados, como por exemplo Ponta Delgada/Bilbau, que se iniciou a 01 de julho de 2023”, afirma a presidente executiva do grupo, Teresa Gonçalves, citada no comunicado.

No terceiro trimestre de 2023, a Azores Airlines teve um “aumento significativo de passageiros transportados” de cerca de 534 mil, mais 27% quando comparado com o período homólogo de 2022.

“O número de voos realizados ascende a 7.540, representando igualmente um incremento face ao mesmo período de 2022 e 2019, +18% e +37%, respetivamente”, acrescenta o grupo.

Os custos operacionais da Azores Airlines aumentaram em 30% no terceiro trimestre do ano (em comparação com igual período de 2022) para um total de 94 milhões de euros, devido, sobretudo, ao “incremento dos custos operacionais de tráfego”.

“À semelhança ao ocorrido no segundo trimestre de 2023, o terceiro trimestre de 2023 foi marcado por um conjunto de irregularidades, provocadas por questões meteorológicas, atrasos na entrega de aeronaves que estavam em manutenção e outros problemas exógenos à companhia”, justifica.

Os custos com pessoal também aumentaram em cerca de 13,6% naquele período devido ao “aumento da atividade operacional e pelo contínuo impacto da reposição dos cortes salariais e progressões nas carreiras”.

Relativamente à SATA Air Açores, a companhia alcançou no terceiro trimestre deste ano uma receita de 40,9 milhões de euros, o que representa um aumento de 31,3% face ao trimestre homólogo.

“A 20 de setembro de 2023 a SATA Air Açores procedeu ao reembolso antecipado da totalidade do empréstimo obrigacionista de 60 milhões de euros, emitido em dezembro de 2022”, adianta a SATA.

Com o reembolso do empréstimo, a SATA Air Açores vai “poupar cerca de 1,2 milhões de euros já em 2023” e 18 milhões de euros até 2026.

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados