Atrizes de “O Sexo e a Cidade” declaram apoio a mulheres que denunciaram abusos de Chris Noth

21 dez 2021, 10:04
Chris Noth (AP)
Chris Noth (AP)

Ator foi acusado de assédio sexual por quatro mulheres

PUB

Três das atrizes principais do elenco de “O Sexo e a Cidade” declararam o seu apoio às denunciantes do ator Chris Noth, recentemente acusado de assédio e abuso sexual por quatro mulheres diferentes.

“Estamos muito tristes com a notícia das alegações contra Chris Noth. Apoiamos as mulheres que se chegaram à frente e contaram a suas experiências dolorosas. Sabemos que deve ser muito difícil fazê-lo e admiramo-las por isso”, pode ler-se num pequeno comunicado publicado no instagram e assinado por Cynthia Nixon, Kristin Davis e Sarah Jessica Parker.

PUB
Comunicado assinado por parte do elenco da série "O Sexo e a Cidade"

Os primeiros relatos de assédio sexual por parte de Chris Noth foram publicados na passada quinta-feira, pela revista The Hollywood Reporter.

O primeiro caso, contado por uma mulher sob o pseudónimo Zoe, data de 2004. A jovem, então com 22 anos, alega que Noth a convidou para o seu apartamento e a violou. “Foi muito doloroso, gritei ‘Para!’. Perguntei-lhe se não poderia pelo menos usar um preservativo, e ele começou a rir-se”. Quando acabou, conta Zoe, “apercebi-me que tinha sangue na minha camisa”.

PUB
PUB
PUB

O segundo relato data de 2015. A mulher, Lily, conta que, durante uma noite passada em casa de Noth, o ator a abusou sexualmente. “Estávamos em frente a um espelho. Chorei enquanto tudo acontecia”, afirma.

Após a publicação do artigo da The Hollywood Reporter, duas outras mulheres chegaram-se à frente e contaram histórias similares.

Ao The Daily Beast, uma vítima conta que Noth a abusou sexualmente num restaurante em Nova Iorque, em 2010. Por seu turno, na sua conta de instagram, a atriz Zoe Lister-Jones afirmou que o ator, durante as gravações da série ‘Lei e Ordem: Intenções Criminosas’, “era consistentemente inapropriado com uma assistente”.

Chris Noth já negou as acusações, garantindo que “nunca ultrapassou” a linha do ‘não é não’.

“As acusações contra mim foram feitas por mulheres que conheci há anos, ou mesmo décadas, são categoricamente falsas. Estas histórias poderiam ter sido de há 30 anos ou 30 dias atrás - não significa sempre não - essa é uma linha que eu não ultrapassei. Os encontros foram consensuais. É difícil não questionar o momento em que estas histórias foram divulgadas. Não sei ao certo porque estão agora a surgir, mas sei isto: eu não assediei estas mulheres”, pode ler-se no comunicado enviado à The Hollywood Reporter.

PUB
PUB
PUB

Em resposta a este escândalo, Noth, de 67 anos, foi dispensado do elenco da série da CBS “The Equalizer".

A sua agência, a A3 Artists, também o deixou de representar, e o negócio da compra, por 10 milhões e meio de euros, da linha de bebidas Ambhar, propriedade de Noth, pela Entertainment Arts Research, caiu por terra.

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Séries

Mais Séries

Patrocinados