TAP diz que Alexandra Reis pediu 1,4 milhões de euros de indemnização pela saída

Agência Lusa , NM
27 dez 2022, 20:26
TAP (imagem Getty)

Declaração consta nos esclarecimentos da companhia aérea

A TAP disse que Alexandra Reis, atual secretária de Estado do Tesouro, pediu inicialmente 1,4 milhões de euros de indemnização no âmbito do seu acordo para cessar funções na companhia, lê-se na resposta ao pedido de explicações do Governo.

“Como contrapartida pela cessação de todas as referidas funções contratuais, e não obstante a pretensão inicial de AR [Alexandra Reis] se cifrar em 1.479.250 euros, foi possível reduzir e acordar um valor global agregado ilíquido de 500.000 euros a pagar” à atual governante, pode ler-se no documento hoje divulgado.

Os Ministérios das Finanças e das Infraestruturas e Habitação remeteram à Inspeção-Geral de Finanças (IGF) e à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) os esclarecimentos da TAP sobre as funções de Alexandra Reis, secretária de Estado do Tesouro, segundo um comunicado hoje divulgado.

Empresas

Mais Empresas

Mais Lidas

Patrocinados