VÍDEO: protesto nas bancadas obriga a interromper jogos de Hannover e Hertha

16 fev, 20:12

No Olímpico de Berlim, os adeptos foram os verdadeiros protagonistas. Já em Hannover, bolas e bolinhas sublinharam a vontade das claques alemãs.

Investidores estrangeiros sem lugar no futebol alemão. Esta é a mensagem reiterada pelas claques no arranque de nova jornada da Bundesliga2.

Na tarde desta sexta-feira, a partida entre Hertha Berlim e Magdeburgo foi interrompida, aos 45m, quando a claque da casa arremessou bolas de ténis para o relvado. O alvo são as chefias dos clubes e das competições, reiterando que o futuro dos clubes pertence aos adeptos.

Uma vez interrompido o encontro, o árbitro conversou com os capitães e antecipou o intervalo. Assim, a partida foi reatada com um pontapé de canto a favor dos visitantes.

Após o apito para o final da primeira parte, as equipas apenas trocaram os lados do campo. Um momento invulgar, que terá confundido quem assistira à ação pela metade.

 

Antes, no arranque da partida, os adeptos do Magdeburgo «roubaram» as atenções.

 

Quanto ao jogo, o Hertha venceu, por 3-2, ascendendo à oitava posição, com 32 pontos, em igualdade com o Dusseldorf. Quanto ao Magdeburgo, está no 12.º lugar, com 27 pontos, mais seis em relação à zona de despromoção.

Bolas e bolinhas em Hannover

Algo idêntico se sucedeu no reduto do Hannover, que esta tarde recebeu o Fürth. Corria o minuto 51 quando bolas de ténis e de ténis de mesa «invadiram» o relvado. Ainda assim, a pausa foi de «apenas» seis minutos.

No que diz respeito ao futebol propriamente jogado, o Hannover triunfou, graças à reviravolta operada no segundo tempo. O Fürth adiantou-se aos 29m, mas os anfitriões garantiram a quarta vitória consecutiva com golos aos 61 e 81m.

Assim, o Hannover é terceiro, com 37 pontos, em igualdade pontual o Hamburgo. Por sua vez, o Fürth atrasa-se na corrida pela subida, ocupando o quinto posto, com 35 pontos.

Relacionados

Patrocinados