"Sem um substituto estas pessoas não vão sobreviver". Médica americana teme por abandono de Gaza e assume "culpa imensa"

18 mai, 19:12

Numa entrevista exclusiva à CNN internacional, uma das médicas que está retida em Gaza explica as condições difíceis em trabalham os profissionais de saúde. Em conversa com a jornalista Isa Soares, Monica Johnson chega mesmo a afirmar a enorme culpa que sente por querer sair do território e teme pela sobrevivência da população.

Uma equipa de médicos internacionais encontra-se retida em Gaza, incluindo cidadãos americanos que apelam ao governo dos Estados Unidos para que os traga de volta. Deviam ter saído do enclave através da passagem de Rafah na segunda-feira, mas não puderam fazê-lo depois de as forças israelitas terem tomado o lado de Gaza dessa fronteira.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Mais Vistos

Patrocinados