"Sei que não cometi nenhum ato irregular, ilegal ou eticamente reprovável": ex-adjunto de Costa absolvido da acusação que o levou a sair do Governo

15 fev, 15:02

À saída do Tribunal de Viana do Castelo, Miguel Alves, ex-presidente da Câmara de Caminha, afirmou que mantinha "a mesma tranquilidade do primeiro dia"

SAIBA MAIS
Ex-adjunto de António Costa absolvido da acusação que o levou a sair do Governo

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados