Partículas "mil vezes mais pequenas do que fio de cabelo" junto a aeroporto aumentam risco de diabetes, demência e hipertensão

30 jun, 09:57

Um estudo divulgou que viver perto do aeroporto aumentar o risco de doenças como a hipertensão, diabetes e demência. O médico de saúde pública João Paulo Magalhães explica que tal se deve às partículas poluentes libertadas durante a queima de combustíveis fósseis.

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados