Mariana Vieira da Silva vs. Joaquim Miranda Sarmento - veja o debate na íntegra

22 fev, 00:27

“O PSD mantém um tabu sobre o que fará se o PS ganhar eleições”, diz a candidata do PS por Lisboa, Mariana Vieira da Silva, em defesa de Pedro Nuno Santos. Num debate contra o candidato da AD por Lisboa, Joaquim Miranda Sarmento, a socialista esclarece que o seu secretário-geral mantém a posição do PS desde 2015: “Não tendo uma maioria para contrapor, não apresentará nenhuma moção de rejeição e não votará nenhuma moção de rejeição. Isso continua verdade”. Em relação às declarações de Pedro Nuno Santos, “são insistências para que, de uma vez por todas, o PSD diga qual é a sua posição e que acabe com este tabu que tem mantido”.

Miranda Sarmento discorda destas afirmações, acusando Pedro Nuno Santos de ter dado “várias cambalhotas”. “É impossível sabermos se ele amanhã não terá outra posição diferente. Há alguma garantia daquilo que é a posição de Pedro Nuno Santos? Ele, no espaço de uma semana, já teve quatro posições diferentes.”

O candidato social-democrata reitera: “Não há qualquer possibilidade de acordo ou entendimento com o Chega” da parte da Aliança Democrática.

Decisão 24

Mais Decisão 24

Mais Vistos

Patrocinados