Macron "não foi capaz de convencer os franceses". Segunda volta "pode favorecer a extrema-direita"

30 jun, 08:38

"Estamos a assistir à chegada da extrema-direita ao poder em França", afirma José Palmeira. O especialista em Relações Internacionais garante que Macron falhou, porque "não foi capaz de convencer os franceses de que a alternativa moderada seria a que deviam privilegiar no voto".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados