Saiba tudo sobre o Euro aqui

"Levo a mal. Há uma agenda de trabalho". Montenegro rejeita demissão de Barros Correia relacionada com agendas partidárias

7 mai, 21:58

Margarida Blasco explica a substituição do diretor nacional da PSP com razões operacionais. A ministra da Administração Interna garante que Luís Carrilho é "o homem que procurava para reestruturar a PSP". Luís Montenegro mantém a linha de justificação e diz não entender tanta polémica com a substituição de José Barros Correia. 

Governo

Mais Governo

Mais Vistos

Patrocinados