Houthis “é comandado pelo Irão”, que quer “afirmar a sua relevância”

13 jan, 15:12

Numa altura em que a tensão aumenta em pleno Mar Vermelho, Pedro Madeira Froufe considera que “a pedra-chave de todo este imbróglio” é o Irão. “Há uma tese de que o interesse estratégico do Irão seria, para captar influência na zona, para afirmar a sua relevância na zona, fomentar a criação e aparecimento de não estados”, diz, explicando que no Líbano “isso já é uma realidade”, pois está lá o Hezbollah.

No caso dos Houthis do Iémen, o comentador diz que “este grupo é comandado pelo Irão”.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados