França: "Charles de Gaulle deve estar às voltas no túmulo. Não se sentirá sossegado"

30 jun, 10:35

José Filipe Pinto analisa as eleições deste domingo em França, afirmando que a jogada de Macron foi "de alto risco", quando dissolveu a Assembleia e convocou eleições antecipadas. O especialista em Relações Internacionais explica que "não vai ficar decidido" já, sendo certa uma segunda volta.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados