Navio chinês a 180 metros de navio taiwanês: a imagem que mostra como os dois lados estiveram perto do confronto direto

11 ago, 03:58
Navios da China e de Taiwan

Num dos momentos mais tensos da última semana, um contratorpedeiro da Armada chinesa navegou a menos de 200 metros de distância de uma fragata de Taiwan

É a imagem que melhor mostra quão perto a China e Taiwan estiveram de chegar a vias de facto na última semana: um navio da Armada chinesa a navegar lado a lado com uma embarcação das Forças Armadas de Taiwan. A foto tornou-se viral nas redes sociais de Taiwan, e a sua autenticidade foi confirmada pelos meios de comunicação social locais.

Segundo a Radio Taiwan Internacional (emissora pública taiwanesa), a imagem foi captada em águas internacionais ao largo da cidade de Kaohsiung, no sul de Taiwan, no início desta semana. No momento em que os dois navios estiveram mais próximos um do outro, a distância foi calculada em apenas 180 metros.

Os navios em questão são um contratorpedeiro chinês da classe Changchun, em primeiro plano, e uma fragata taiwanesa da classe Chenggong. A embarcação das Forças Armadas de Taiwan estaria a navegar ao longo da "linha mediana" que separa o lado taiwanês do lado chinês do Estreito de Taiwan, para impedir que o destroyer chinês ultrapassasse essa divisória (uma demarcação não oficial, mas que tem sido geralmente respeitada pelos dois lados ao longo dos anos - mas que foi repetidamente violada pelas forças chinesas durante os exercícios militares da última semana).

Imagem divulgada pela Radio Taiwan Internacional, o serviço em inglês da emissora pública taiwanesa

Ambas as embarcações estão equipadas com mísseis anti-navio e mísseis anti-aéreos, para além de torpedos. Mas o contratropedeiro chinês, construído em 2013, tem um poderio significativamente superior à fragata de Taiwan, lançada à água há quase trinta anos. A comparação do deslocamento de carga de ambos é esclarecedora sobre a desproporção de forças, caso ambos entrassem em confronto direto: o destroyer da classe Changchun tem um deslocamento de sete mil toneladas, enquanto a fragata Chenggong se fica pelas quatro mil toneladas.

O encontro imediato destes dois navios exemplifica um dos riscos dos jogos de guerra dos últimos dias: qualquer pequeno erro de cálculo, ou movimento mal executado ou mal compreendido, poderia significar uma agressão ou um ponto de não retorno, numa altura em que as embarcações de ambos os lados concentradas nas águas em torno da ilha chegaram às duas dezenas, para além da mobilização de meios aéreos e artilharia de ambos os lados.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados