«Ronaldo e Pepe impõem aos novos como João Neves nível de autoexigência diária»

27 fev, 11:30
Portugal-Islândia (Lusa/Miguel A. Lopes)

Roberto Martínez não quer apenas um líder na equipa das quinas, quer que cada jogador seja um líder

Roberto Martínez concedeu uma entrevista à RTVE, onde abordou as hipóteses de Portugal conquistar o Euro 2024.

«Porque não? Já ganhámos uma. Temos a sorte de poder jogar com quatro gerações. Não há favoritos, há candidatos: a França produz jogadores num volume que nenhum outro país tem essas opções. A Inglaterra tem um treinador que criou uma cultura de clube dentro da equipa. A Bélgica tem uma determinada geração que é muito competitiva. E nunca se pode deixar a Itália de fora, competitiva por natureza. E a Alemanha, com um período difícil, mas no 'seu torneio' pode ser campeã», afirmou o selecionador nacional.

Nas mesmas declarações, Martinez disse que quer que cada jogador seja um líder e destacou ainda a «fome» de Cristiano Ronaldo.

«Já trabalhei com muitos mas o que diferencia o Cristiano é a necessidade de estar sempre preparado para ser o melhor. Temos tido a oportunidade de ter jogadores como Pepe , 41 anos, um exemplo para quem quer jogar na Liga dos Campeões, e Cristiano Ronaldo, que aos 38 anos é o único que já chegou a mais de 200 internacionalizações. São dois jogadores de referência, que pedem que os jogadores que chegam (como João Neves) tenham níveis de autoexigência numa base diária.»

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Mais Lidas

Patrocinados