O que é uma “palhinha de vampiro”? Saiba o que é esta arma confiscada a um passageiro em Boston

CNN | CNN Portugal , Zoe Sottile
1 mai 2023, 09:33
Palhinha de vampiro

Esta "palhinha de vampiro" foi confiscada no Aeroporto Logan, em Boston, nos Estados Unidos, no dia 23 de abril, segundo o escritório de New England da TSA (Administração de Segurança de Transportes). Em Portugal, também seria provavelmente apreendida.

Um homem foi detido no final abril deste mês no Aeroporto Internacional Logan de Boston, nos Estados Unidos, por alegadamente transportar uma “palhinha de vampiro” na sua bagagem de mão.

Embora o nome do dispositivo evoque pensamentos de Drácula e morcegos sugadores de sangue, as palhinhas não têm, na verdade, nada a ver com vampiros. Eis o que precisa de saber sobre esta ferramenta de autodefesa multiusos.

O que é uma palhinha de vampiro?

O termo “palhinha de vampiro” é utilizado para designar uma palhinha de titânio com uma extremidade pontiaguda. A polícia de Massachusetts, nos EUA, disse à CNN que a palhinha confiscada ao viajante tinha sido comprada à Szabo, uma empresa que vende palhinhas de titânio para vampiros por 85 dólares [77 euros].

A palhinha tem múltiplas utilizações, de acordo com a lista de produtos da Szabo. “Permite ao utilizador beber sem esforço qualquer batido ou smoothie espesso”. Mas também é “concebida para autodefesa” e é “suficientemente longa para ser usada como um punhal”.

O anúncio refere que a palhinha pode ser facilmente transportada em público “sem chamar a atenção” e pode também ser utilizada para esvaziar pneus. A “ponta cinzelada da palhinha é suficientemente afiada para perfurar a maior parte dos materiais sintéticos”, diz o anúncio.

A Szabo não respondeu imediatamente ao pedido de comentário da CNN.

Várias outras empresas também anunciam palhinhas de titânio para autodefesa.

As palhinhas de vampiro são legais?

A legalidade de transportar uma “palhinha de vampiro” depende das leis locais sobre facas, disse o gabinete da TSA em New England à CNN por e-mail.

Em Massachusetts, onde o homem foi preso, é ilegal transportar certos “instrumentos cortantes”, incluindo estiletes e punhais, disse a polícia estadual à CNN. As tropas estaduais e a TSA descobriram que o canudo “se enquadrava nessa categoria”, disse a polícia. Os infratores podem ser multados ou condenados a até cinco anos de prisão se tiverem antecedentes criminais.

Além disso, a TSA proíbe o transporte da maioria dos objetos cortantes na bagagem de mão.

E em Portugal?

De acordo com o site da ANA – Aeroportos, os objetos cortantes entre aqueles que não podem ser transportados num aeroporto.

“Sim”, responde o site, “há artigos proibidos na bagagem de mão”. E explica quais: “Nas áreas restritas de segurança e no avião, os passageiros estão impedidos de transportar qualquer tipo de arma ou ferramenta, objetos pontiagudos ou cortantes, bem como substâncias consideradas perigosas”.

Entre os artigos proibidos estão “outros objetos com lâminas pontiagudas com mais de 6 cm”, o que incluirá as chamadas “palhinhas de vampiro”, embora elas não sejam assim identificadas no site.

Ainda de acordo com a ANA, são considerados proibidos:

“- Pistolas, armas de fogo e outros dispositivos que possam disparar projéteis.
- Armas de brincar/réplicas de metal e plástico, incluindo pistolas de água.
- Fisgas, dardos, tacos ou bastões de desporto.
- Objetos pontiagudos ou cortantes, como lâminas de barbear, facas, tesouras ou outros objetos com lâminas pontiagudas com mais de 6 cm, seringas (exceto em casos de prescrição médica).
- Ferramentas de trabalho.
- Material pirotécnico, líquidos ou sólidos inflamáveis.
- Lixívia, ácidos e venenos.
- Objetos de ar ou gás comprimido.”

 

 

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados