Sanduíches e croissant valem multa de quase 2.000 euros a viajante na Austrália

Agência Lusa , AM
1 ago, 06:37
Aeroporto na Austrália (Associated Press)

Austrália tem uma legislação rigorosa de biossegurança concebida para proteger a importante indústria agrícola do país contra potenciais pragas e doenças

Um viajante da Indonésia que chegou à Austrália foi multado em quase dois mil euros após ser apanhado pelos guardas fronteiriços com dois McMuffins (sanduíches vendidas no McDonald's) e um 'croissant' de presunto na mochila, informaram esta segunda-feira as autoridades.

O viajante tinha na sua posse as duas sanduíches da cadeia McDonald's e um 'croissant' de presunto, itens detetados por um cão farejador no aeroporto australiano de Darwin.

"Será a refeição McDonald's mais cara que o passageiro já comeu" na vida, disse o ministro da Agricultura australiano, Murray Watt.

A Austrália tem uma legislação rigorosa de biossegurança concebida para proteger a importante indústria agrícola do país contra potenciais pragas e doenças.

As autoridades estão atualmente em alerta na sequência de um surto de febre aftosa na Indonésia, e todas as importações de carne desse país estão a ser monitorizadas.

A doença não representa qualquer risco para os seres humanos, mas continua a ser uma doença viral grave e altamente contagiosa no gado.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados