Maioria dos portugueses ao lado dos professores e contra o Governo

21 set, 08:59
Greve de professores (Hugo Delgado/Lusa)

Sondagem do JN, DN e TSF mostra que 62% dos portugueses consideram que o Governo ““não fez o suficiente para se aproximar das reivindicações dos professores”

A maioria dos portugueses (62%) considera que o Governo “não fez o suficiente para se aproximar das reivindicações dos professores”. Apenas 28% consideraram que sim. É o que mostra uma sondagem da Aximage para o JN, DN e TSF divulgada esta quinta-feira.

No que respeita às greves dos docentes, o apoio dos portugueses parece estar a esmorecer. O mesmo estudo de opinião mostra que 45% dos inquiridos com as greves convocadas para o arranque do ano letivo. Desses, 17% concordam “totalmente”. Em fevereiro, 65% afirmavam aprovar a contestação. Ainda de acordo com a mesma sondagem, 36% afirmaram discordar das greves dos professores (16% “totalmente”). É abaixo dos 50 anos que se verifica maior apoio à contestação dos professores.

As aulas arrancaram esta semana, com mais de 90 mil alunos com falta de pelo menos um professor. De acordo com a FENPROF, já agrupamentos com falta de mais de 20 professores e turmas sem aulas a seis disciplinas.

Patrocinados