Tinha dor no peito, foi às urgências em Águeda: mandaram-no para casa, morreu, o Hospital abriu inquérito

6 jan, 15:40

Terá sido diagnosticado com gastroenterite, de acordo com a família

PUB

Um jovem de 20 anos morreu durante a madrugada desta quarta-feira, horas após ter sido visto por um médico no Hospital de Águeda. O jovem ter-se-á dirigido às urgências daquela unidade hospitalar com fortes dores no peito e no braço, onde lhe terá sido dito pelo profissional de saúde que podia ir para casa.

De acordo com declarações à TVI dos familiares da vítima, o jovem foi diagnosticado com uma gastroenterite. Recebeu, por isso, alta hospitalar e foi para casa, onde mais tarde acabou por morrer. A família está revoltada e diz que vai procurar responsabilidades.

PUB

Esta quinta-feira, a CNN Portugal recebeu também a resposta do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, que confirma a abertura de um processo interno para apurar os contornos em que a tragédia ocorreu. “O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, EPE, antes de mais, endereça publicamente os pêsames à família do jovem. A Direção Clínica do CHBV vai, de imediato, e como sempre o faz, abrir um processo interno de inquérito no sentido de apurar todos os factos para o esclarecimento desta situação que muito lamenta.”

PUB
PUB
PUB

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

País

Mais País

Patrocinados