Jerónimo de Sousa já teve alta hospitalar

17 jan, 11:20
Jerónimo de Sousa (ESTELA SILVA/LUSA)

O secretário-geral do PCP deverá regressar às ações de campanha já no próximo fim de semana

O secretário-geral do PCP teve alta hospitalar esta segunda-feira. A cirurgia a que foi submetido foi realizada com êxito e após o termo de vigilância clínica pós-operatória, Jerónimo de Sousa teve esta manhã alta hospitalar, por indicação médica

O líder comunista prosseguirá agora em casa o período de recuperação previsto até ao fim-de-semana, após o qual retomará a actividade política. O candidato do PCP às eleições legislativas deverá regressar às ações de campanha já no próximo sábado.

Jerónimo de Sousa tinha sido admitido no bloco operatório para ser submetido a uma cirurgia de urgência à carótida interna esquerda na última quinta-feira e já não esteve presente nos últimos debates eleitorais. Durante a ausência do secretário-geral comunista, as rédeas do partido ficaram a cargo dos dirigentes partidários João Ferreira e João Oliveira. 

A campanha do PCP teve início em Setúbal, no domingo, onde João Ferreira acusou o PS de propor para 2022 "mais um ano com atualizações [salariais] bem abaixo da taxa de inflação", o que significa "mais um ano a perder poder de compra".

Nas legislativas de 2019, a Coligação Democrática Unitária (CDU) - que integra o PCP, o PEV e a Associação Intervenção Democrática - elegeu 12 deputados (dez do PCP e dois do PEV) e obteve 6,33% dos votos, ou seja, 332.473 votos (de um total de 5.251.064 votantes), menos 113.507 do que em 2015, de acordo com o Ministério da Administração Interna (MAI).

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados