Dezenas de mortos em massacre tribal na Papua Nova Guiné

18 fev, 23:03
Papua Nova Guiné (AP)

Homens foram emboscados na província de Enga

Pelo menos 53 pessoas morreram num massacre ocorrido este domingo na Papua Nova Guiné.

A notícia está a ser avançada pela cadeia de televisão australiana ABC, que cita a polícia local.

As autoridades acreditam que dezenas de homens foram emboscados na província de Enga, naquilo que é uma escala da luta tribal no país.

Ainda segundo a ABC, a polícia admite que este seja o maior massacre no país na história recente.

O superintendente da polícia da Papua Nova Guiné afirmou estar "devastado" com o acontecimento, que descreveu como sendo a maior tragédia do género na zona. "Este é, de longe, o maior massacre que já vi em Enga, talvez em toda a região, bem como na Papua Nova Guiné", disse George Kakas.

"Estamos todos devastados, estamos esgotados mentalmente. É difícil de compreender", acrescentou. 

A província de Enga tem enfrentando uma escalada da violência tribal nos últimos meses, levando mesmo a restrições de liberdade. Desde então que a polícia tenta impedir o acesso a armas de fogo e a munições, mas o problema nunca tinha chegado a este nível.

Este é um problema que se agudizou nos últimos meses, mas que ressurgiu na ilha após as eleições de 2022.

Mundo

Mais Mundo

Mais Lidas

Patrocinados