Bombardeamento na Síria mata seis civis, incluindo crianças

Agência Lusa , DCT
20 jan, 22:46
Bombardeamento na Síria mata seis civis, incluindo crianças

Ainda são desconhecidos os responsáveis pelo bombardeamento

Seis civis, incluindo duas crianças, foram mortos e 30 ficaram feridos esta quinta-feira, num bombardeamento contra a cidade de Afrine, no norte da Síria, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Ainda são desconhecidos os responsáveis pelo bombardeamento, mas os projéteis foram disparados de uma área onde as forças do regime sírio e as forças curdas sírias estão presentes, segundo a ONG.

Em 13 de janeiro, um homem-bomba detonou-se perto de uma base militar pertencente a facções pró-turcas em Afrine, uma localidade na província de Alepo, que desde 2016 está sob controlo das forças turcas e das suas contrapartes sírias.

A Turquia lançou, com a ajuda de forças sírias, três grandes operações em regiões localizadas na fronteira com a Síria (2016-2017, 2018 e 2019).

O objetivo era expulsar os 'jihadistas' e os combatentes das Unidades de Proteção Popular (YPG), a principal milícia curda na Síria considerada por Ancara como uma organização "terrorista".

Graças ao apoio militar da Rússia a partir de 2015, o regime sírio conseguiu recuperar grande parte do território perdido no início do conflito.

Desencadeada em março de 2011 por causa da repressão contra as manifestações pró-democracia, a guerra na Síria já custou quase meio milhão de vidas, de acordo com o OSDH, e deslocou milhões de pessoas.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados