67 pessoas foram a um casamento homossexual, estão detidas por isso. Aconteceu num país que prevê prisão perpétua para a homossexualidade

Agência Lusa , AM
30 ago 2023, 11:42
Bandeira LGBT (Foto: Ben Curtis/AP)

Nigéria, 2023

A polícia nigeriana deteve 67 pessoas que assistiam a um casamento homossexual, no sul do país, disse um porta-voz da corporação.

O código penal nigeriano classifica a homossexualidade como um crime, com penas de prisão que vão dos 14 anos à prisão perpétua.

O porta-voz da polícia, Bright Edafe, explicou que as pessoas serão processadas ao abrigo das leis relacionadas com a comunidade LGBT, depois de terem sido inicialmente detidas cerca de 100 pessoas num hotel da cidade de Uvwie, no estado do Delta.

"Prendemos uma centena, mas após investigação, o número de suspeitos foi reduzido para 67. Serão processados em tribunal de acordo com as leis do país", afirmou Edafe, citado pelo jornal nigeriano Vanguard.

África

Mais África

Mais Lidas

Patrocinados