"Super Bigode". O novo desenho animado da televisão estatal da Venezuela foi inspirado em Maduro

2 dez 2021, 11:46
"Super Bigode"
"Super Bigode"

Donald Trump e opositores do regime venezuelano aparecem como os grandes vilões da história

PUB

Tem uma mão de ferro, é enérgico, musculado e luta contra o "império americano", mas é na cara que está a característica mais distinta do mais recente herói da televisão venezuelana. Inspirando-se em Nicolás Maduro, a televisão estatal da Venezuela (VTV) criou uma série de desenhos animados em que a personagem principal é feita à imagem do presidente do país: o "Super Bigode".

A expressão até foi cunhada pelo próprio Nicolás Maduro, que em outubro de 2019 se autoafirmou como o "Super Bigode", no meio de declarações em que criticava o então presidente do Equador, Lenín Moreno.

PUB

"O presidente Lenín Moreno disse que o que está a acontecer no Equador [revolta política] é culpa minha. Eu mexo os meus bigodes e cai um governo, como disse Lenín Moreno. Agora estou a pensar qual o governo que vou derrubar a seguir com os meus bigodes. Vejam, são super bigodes. Eu não sou o Super Homem, sou o Super Bigode", afirmou o venezuelano na altura.

Talvez a pensar nisso, e mais de dois anos depois do episódio, a VTV lembrou-se de criar a personagem, que no primeiro episódio aparece como o salvador, enquanto o vilão é uma figura que está sentada num escritório feito à imagem da Sala Oval, na Casa Branca.

PUB
PUB
PUB

Os vilões retratados na narrativa estão conotados com o antigo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas não só. Também Henry Ramos Allup e Julio Borges, opositores do regime chavista, são parte dos "maus da fita".

"Odeio-te Super Bigode", diz o vilão norte-americano de forma enérgica.

No primeiro episódio, é possível ver um norte-americano (no caso Donald Trump) sentado na Sala Oval com membros da oposição venezuelana. Este funcionário é o grande vilão e tem como objetivo derrotar Nicolás Maduro.

É através do corte de energia que o vilão tenta atacar a população venezuelana, mas o "Super Bigode" aparece para salvar o dia.

O herói da história chega e inverte o ataque de que a Venezuela é alvo, utilizando o punho para destruir o míssil destinado ao país, devolvendo assim toda a energia à população.

No final, o episódio não deixa dúvidas: o "Super Bigode" é "indestrutível".

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados