Espanha confirma a primeira morte por Monkeypox na Europa

29 jul, 19:24
Monkeypox (GettyImages)

País vizinho é um dos que tem mais casos da doença

O Ministério da Saúde de Espanha confirmou esta sexta-feira a primeira morte pelo vírus Monkeypox, segundo dados da Rede Nacional de Viligância Epidemiológica (RENAVE), que são citados pela imprensa espanhola.

Trata-se da sétima morte relacionada com o surto que já chegou a vários países, incluindo Portugal, sendo apenas a segunda vítima mortal fora de África – a outra morte fora daquele continente também confirmada esta sexta-feira, no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde do Brasil, a vítima era um homem que tinha imunidade baixa e morava na cidade de Uberlândia, no estado de Minas Gerais, onde, segundo dados oficiais, foram registados 44 dos 1.066 casos da doença confirmados até o momento no país.

Com 4.298 casos, Espanha é dos países mais afetados por esta doença que a Organização Mundial de Saúde (OMS) já declarou como emergência de saúde pública internacional, sendo que 3,2% dos doentes tiveram de ser hospitalizados, havendo agora um óbito a registar.

Mais de 18 mil casos de Monkeypox foram detetados em todo o mundo desde o início de maio passado, fora das áreas endémicas de África.

A doença foi relatada em 78 países até agora e 70% dos casos estão concentrados na Europa e 25% nas Américas, disse o responsável da OMS.

A nível global, os 10 países mais afetados são: Espanha (4.298), Estados Unidos da América (2.316), Alemanha (2.268), Reino Unido (2.137), França (1.453), Países Baixos (712), Canadá (615), Brasil (592), Portugal (588) e Itália (374).

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados