António Morgado: «Fiquei frustrado por não ter sido campeão do Mundo»

23 set, 13:51
António Morgado, vice-campeão mundial de juniores (AP)

Ciclista português conquistou a medalha de prata no mundial de juniores, que decorre na Austrália

A frustração de António Morgado revela carácter de campeão.

O português sagrou-se vice-campeão mundial de juniores, nesta sexta-feira, na prova de fundo dos Mundiais de ciclismo de estrada, mas algumas horas depois ainda estava a pensar na medalha de ouro.

Apesar de ter conseguido o melhor resultado de sempre de um português, nesta categoria, António Morgado não esquece que entrou isolado na última volta do circuito de Wollongong (Austrália), mas acabou batido ao sprint pelo alemão Emil Herzog.

«Fiquei muito feliz pelo resultado mas também fiquei um pouco frustrado por não ter sido campeão do Mundo, mas tenho muito tempo tempo para conseguir esse objetivo», contou o ciclista de 18 anos, em conversa com os jornalistas portugueses.

Face às declarações do selecionador nacional, que disse que nunca tinha visto um ciclista capaz de fazer o que o António faz, o jovem contou que ficou muito orgulhoso pelas palavras.

«Fico feliz e orgulhoso pelas palavras do selecionador, sei que tenho que trabalhar continuar para a evoluir», referiu.

Morgado, que na próxima temporada vai deixar a Bairrada Cycling Team e reforçar a equipa americana da Hagens Berman Axeon, acredita que isso permitirá ambicionar «outros voos», e não esconde o que quer para o futuro.

«Vou começar a competir numa equipa internacional, vou disputar competições sub-23. E é claro, que ambiciono no futuro correr em grandes voltas, como a de França ou Itália», confidenciou.

Perante as inevitáveis comparações com João Almeida (UAE Emirates), o ‘miúdo’ já conhecido no pelotão internacional quer pelos resultados, quer pelo seu ‘clássico’ bigode notou que o quarto classificado do Giro2020 e quinto na Vuelta deste ano «está num nível completamente acima». 

«Só lendas é que chegam ao nível do João Almeida. Se algum dia conseguir chegar sequer perto dele, já é um orgulho», concluiu.

Natural das Caldas da Rainha, António Morgado venceu o Giro della Lunigiana (Itália) no início do mês de setembro, juntando ao título de campeão nacional júnior de fundo e contrarrelógio, e venceu ainda a Volta a Portugal de juniores.

Relacionados

Patrocinados