Saiba tudo sobre o Euro aqui

França: presidente do PSG pede a Bola de Ouro para Mbappé

24 set 2023, 18:30
Nasser Al-Khelaïfi e Lionel Messi na apresentação do argentino (François Mori/AP)

Numa entrevista, Al Khelaifi também responde às críticas recentes de Lionel Messi, que disse não ter sido reconhecido pelo clube após conquista do título mundial

O presidente do Paris Saint-Germain não deixou Lionel Messi sem resposta. Numa entrevista recente, nos Estados Unidos, o craque argentino lamentou a forma como saiu de Paris, cidade onde ele e a família terão «passado tempos difíceis», e queixou-se de ter sido o único dos 26 jogadores campeões do mundo com a seleção albiceleste que não foi reconhecido pelo respetivo clube.

Nasser Al Khelaifi reagiu agora, em declarações à RMC Sport.

«Não sei o que ele disse ou deixou de dizer. Como todos viram - até publicámos um vídeo - prestámos homenagem a Messi nos treinos e também festejámos em privado. Mas, com todo o respeito, somos um clube francês. Claro que seria um tema delicado festejar no estádio. Temos de respeitar o país que ele venceu, os seus companheiros de equipa franceses e também os nossos adeptos», disse Al Khelaifi.

De resto, para o líder do PSG não restam dúvidas: Messi continua a ser «um jogador incrível» e tem muito orgulho de o ter tido no clube.

Kylian Mbappé também foi tema de conversa. O presidente do PSG espera que o avançado francês ganhe a próxima Bola de Ouro, que será revelada a 30 de outubro em Paris. E di-lo de forma clara: «temos o melhor jogador do mundo e, para mim, ele merece ganhar a Bola de Ouro».

Os problemas que o jogador teve com o clube durante o último verão parecem estar totalmente superados.  Para Al Khelaifi, «os problemas ficam na família e o Kylian faz parte da família». De resto, o máximo responsável dos campeões gauleses garante estar «orgulhoso» de tudo o que Mbappé e a equipa estão a fazer.

 

 

Patrocinados