Manifestação da CGTP junta milhares de trabalhadores em Lisboa. “Não podemos aceitar empobrecer a trabalhar”

Agência Lusa , CF
7 jul, 16:42
Manifestação nacional da CGTP leva milhares à rua

Manifestantes marcham rumo ao Parlamento, apesar do forte calor que se faz sentir nas ruas da capital

Milhares de trabalhadores concentraram-se esta quinta-feira por volta das 15:00 no Marquês de Pombal, em Lisboa, e partiram rumo à Assembleia da República, numa manifestação nacional da CGTP por aumentos salariais e das pensões face à escalada da inflação.

A manifestação nacional da CGTP, que encerra mais de um mês de ações de luta promovidas pela intersindical, trouxe à capital trabalhadores de várias zonas do país em protesto por melhores condições de vida.

“Não podemos aceitar empobrecer a trabalhar” ou “o povo unido jamais será vencido” e “a luta continua” são algumas das palavras de ordem entoadas pelos manifestantes que rumam ao parlamento sob o forte calor que se faz sentir nas ruas de Lisboa.

A CGTP realizou a 27 de maio uma concentração junto a Assembleia da República, no dia em que foi votado o Orçamento do Estado, dando inicio a mais de um mês de lutas, sob o lema “Pelo aumento dos salários e pensões | Contra o aumento do custo de vida e ataque aos direitos”.

O protesto desta quinta-feira visa exigir o aumento geral de salários para todos os trabalhadores, das pensões para os reformados e pensionistas, a redução do horário de trabalho, a erradicação da precariedade, o emprego com direitos e uma legislação laboral que contribua para a valorização do trabalho e dos trabalhadores.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados