Neville: «O Man. United sabe que tem de rescindir o contrato com Ronaldo»

17 nov, 12:22
Cristiano Ronaldo foi titular, mas o United perdeu com o Aston Villa

Antigo jogador dos «red devils» reagiu à entrevista de Cristiano Ronaldo a Piers Morgan, na qual é um dos visados

Um dos visados da entrevista de Cristiano Ronaldo a Piers Morgan, Gary Neville falou esta quinta-feira sobre o futuro do internacional português no Manchester United.

Ou melhor, sobre o não futuro. Para Neville, lenda dos red devils, a estadia de Ronaldo em Old Trafford chegou ao fim.

«Não, não acho que ele [Ronaldo] queira um retorno depois disto. Para ser justo, esta entrevista era tudo o que ele precisava para pôr um prazo na sua saída do Manchester United.  Ele sabia que isto ia ser falado e que seria o fim dele no clube», começou por dizer, na Sky Sports.

«O interessante é que ele disse o que disse, criticou toda a gente, os jogadores, Ten Hag [treinador], a administração, os donos. Se fazes isso em qualquer negócio, se criticas o teu chefe e os donos da empresa, o emprego não vai estar lá para ti no futuro», continuou.

Para Neville, o United tem de rescindir com Ronaldo, caso contrário estará a abrir um precedente para que outros futebolistas lhe sigam o exemplo.

«Questiono-me o que é o que o Manchester United está a fazer, porque a realidade é que eles sabem que têm de rescindir o contrato do Cristiano, ou então estão a abrir um precedente para que qualquer jogador possa criticar o clube no futuro. Concordo com algumas das coisas que o Cristiano disse, muitos adeptos também concordarão, mas a realidade é que se fores um empregado e dizes essas coisas da tua empresa, o teu contrato tem de ser terminado», defendeu.

«Provavelmente o Cristiano também quer isso, mas não precisava de acabar desta forma. As duas partes podiam ter-se reunido há algumas semanas e podiam ter encontrado um caminho para resolver um problema, mas basicamente encurralaram-se ambos num canto», concluiu.

Relacionados

Ronaldo

Mais Ronaldo

Patrocinados