Conselho Regional: notável do PSD Madeira arrasa CDS e PAN

1 fev, 19:33
PSD Madeira (Facebook)

Antigo vice-presidente deixou duras críticas aos parceiros de coligação no Governo Regional

Durante a intervenção no Conselho Regional do PSD Madeira, Miguel Sousa, ex-vice do partido e um dos mais destacados dirigentes sociais-democratas da região, teceu duras críticas aos parceiros que sustentam o atual executivo madeirense.

Miguel de Sousa acusa o CDS de traição pelo comunicado em que os centristas vieram exigir a demissão imediata de Miguel Albuquerque: “O comunicado do CDS é o maior desastre que ouvi na semana passada”, disse, afirmando que o partido “finge que tem peso político.”

O antigo vice-presidente do PSD Madeira ainda acrescentou: “O CDS já não vale nada! Espero que depois de março nunca mais tenha de votar com eles. Não me falem em novas coligações com quem não tem votos.”

O PAN também não ficou fora da mira do histórico social-democrata. Miguel de Sousa diz que Mónica Freitas, a deputada única dos ambientalistas (que garante a maioria parlamentar de apoio), “tem mais manha do que muitos experimentados”. 

Recorde-se que o PAN também exigiu a formação de um novo executivo, sem Albuquerque, para manter o seu apoio à coligação encabeçada pelo PSD.

No centro de congressos do Funchal, houve ainda apupos dirigidos a Sara Madruga da Costa. A deputada eleita na Assembleia da República usava da palavra e pedia eleições antecipadas e marcação de um congresso do partido. Foi apupada por parte da sala e Miguel Albuquerque sugeriu ao presidente do Conselho Regional, João Cunha Silva, que lhe retirasse a palavra.

Partidos

Mais Partidos

Mais Lidas

Patrocinados