Paulo Sousa no Brasil: «Quando jogava já vivia o Flamengo»

7 jan, 10:09
Paulo Sousa

Treinador português do Flamengo realçou a história do emblema carioca e mostrou-se entusiasmado à chegada ao Rio: «Estas possibilidades não acontecem muitas vezes na carreira de um treinador»

Paulo Sousa aterrou no Brasil às 06h30 locais, mais três horas em Portugal continental.

A Fla TV, televisão oficial do clube carioca, dedicou ao treinador português uma emissão especial, que viajou de Lisboa acompanhado por Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo, e registou as primeiras palavras do treinador, já com uma camisola do clube vestida, ainda no Aeroporto do Galeão

«Estas possibilidades não acontecem muitas vezes na carreira de um treinador», começou por comentar em resposta a uma pergunta sobre o que o levou a aceitar o convite do Fla. «O Flamengo sempre esteve presente em qualquer pessoa que ama futebol nos quatro cantos do mundo. Mesmo quando jogava, eu vivia o Flamengo. E quando temos a possibilidade de representar um clube com esta grandeza, a emoção é total: não só minha, mas também da minha família», vincou o treinador português que rescindiu o contrato que o ligava à seleção da Polónia.

«Estou feliz por estar aqui. Já senti muito amor e carinho da vossa parte desde Portugal. E continuo a receber. Estou muito entusiasmado para poder engrandecer ainda mais um clube que já tem grandeza incomparável», acrescentou.

Paulo Sousa revelou ainda parte do teor da reunião que teve em Portugal, ainda antes do Natal, com Marcos Braz e Bruno Spindel, respetivamente vice-presidente e diretor-executivo do Flamengo. «Tivemos uma conversa durante toda a tarde que se estendeu até para lá da hora do jantar. Abordámos toda a análise que fiz do elenco a nível individual, coletivo e setorial. Onde eu achava que tínhamos de trabalhar.»

E avisou: «Temos muita qualidade no nosso elenco, mas não é suficiente. A qualidade individual, dos jogadores mas também de todos os departamentos não é sinónimo de vitórias. Temos de trabalhar mais do que os outros para demonstrar que a nossa qualidade é superior à dos outros.»

«O Paulo chega bastante feliz e comprometido. Acreditamos muito nele e esperamos que, juntamente com os jogadores, dê grandes alegrias», disse Marcos Braz, também em declarações ao canal do Flamengo.

Ainda nesta sexta-feira, Paulo Sousa e a equipa técnica - que ainda será completada por um elemento que não pôde viajar por estar ainda não ter um teste negativo à covid-19 necessário para viajar - irão conhecer o CT George Helal, centro de treinos da equipa profissional do Flamengo que é popularmente conhecido como Ninho do Urubu.

A apresentação oficial de Paulo Sousa como novo treinador do Flamengo está marcada para a próxima segunda-feira.

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados