Saiba tudo sobre o Euro aqui

Liga: o que Gyökeres, Banza e Mújica têm pela frente na luta dos goleadores

11 mar, 16:46
Vizela-Sporting

Nas pausas do sonho europeu, o goleador sueco igualou o melhor registo da época, semanas antes do dérbi em Alvalade. Em todo o caso, Banza não tira o pé do acelerador e Mújica ambiciona corrigir o final de primeira volta de «seca».

A nove jornadas (e um jogo) de fechar contas, a corrida pelo trono do máximo artilheiro da Liga segue em aberto. Ainda que Gyökeres se tenha «descolado» de Banza na tarde de domingo, com o 19.º golo, desta feita em Arouca, a carga competitiva implicada sobre líder do campeonato – que divide aspirações com a Liga Europa – poderá pesar no fecho da época.

Ora, os leões recebem o Boavista, antes da pausa para as seleções e depois da visita à Atalanta. Na primeira volta, no Bessa, o sueco ficou em branco, ao cabo de 87 minutos.

Entre os adversários que o Sporting ainda defrontará, Gyökeres acumulou cinco golos em 10 partidas. De lembrar que o avançado também não marcou na receção ao Famalicão, Estrela da Amadora e Estoril, nem na visita ao Vitória de Guimarães e ao Desp. Chaves. Em todo o caso, anotou sete assistências nessas partidas.

O «artilheiro» dos leões leva três jogos consecutivos a marcar na Liga, igualando a melhor marca da época. São 19 golos em 23 jogos para o sueco, de 25 anos.

O calendário do Sporting

26.ª: Sporting-Boavista

27.ª: E. Amadora-Sporting

28.ª: Sporting-Benfica

29.ª: Gil Vicente-Sporting

30.ª: Sporting-V. Guimarães

31.ª: FC Porto-Sporting

32.ª: Sporting-Portimonense

33.ª: Estoril-Sporting

34.ª: Sporting-Desp. Chaves

*20.ª: Famalicão-Sporting, em atraso em data ainda a designar

A norte, Simon Banza, de 27 anos, ainda estará a lamentar o golaço anulado na visita ao Rio Ave. Com 18 golos no campeonato, o internacional pela República Democrática do Congo viu interrompida, em Vila do Conde, a série de quatro jogos a marcar na prova, com cinco golos.

Frente aos adversários que terá pela frente até ao fecho da Liga, Banza apenas não «molhou a sopa» na visita ao Arouca, nem na receção ao Benfica. Importa lembrar que o avançado desfalcou o Sp. Braga nos dérbi com o Vitória de Guimarães e na vista ao FC Porto, uma vez que já havia integrado o estágio da seleção, tendo em vista a participação na CAN 2024.

Assim, a média de Banza é melhor que a de Gyökeres, com 18 golos em 19 jogos.

O calendário do Sp. Braga

26.ª: Sp. Braga-Gil Vicente

27.ª: Portimonense-Sp. Braga

28.ª: Sp. Braga-Arouca

29.ª: Estoril-Sp. Braga

30.ª: Sp. Braga-Vizela

31.ª: Benfica-Sp. Braga

32.ª: Sp. Braga-Casa Pia

33.ª: Vitória Guimarães-Sp. Braga

34.ª: Sp. Braga-FC Porto

Por fim, e descendo um pouco no mapa, Rafa Mújica, do Arouca, fecha este pódio, com 16 golos. Entre 20 de janeiro e 12 de fevereiro, o avançado espanhol viveu a melhor fase da época, anotando cinco golos às custas de Estoril, Vizela, Portimonense e FC Porto.

Seguiu-se um interregno, na visita ao Casa Pia, antes de Mújica retomar a via dos golos, frente a Famalicão e Desp. Chaves. Ainda que tenha ficado em branco na receção ao Sporting, partida na qual o espanhol foi neutralizado por Diomande, Mújica anota 16 golos em 25 partidas.

Na reta final do campeonato, o «artilheiro» dos lobos quererá, certamente, melhorar os registos da primeira volta, uma vez que, em nove jogos, marcou cinco golos, concentrados em três jogos (Boavista, Gil Vicente e Estrela da Amadora).

Uma exibição ao seu melhor nível, combinada com uma jornada menos conseguida dos «rivais», poderá valer a Mújica o trono entre os goleadores. Aliás, a visita a Braga, na 28.ª jornada, poderá contribuir para esse «assalto».

Está nos pés, e na cabeça, deste espanhol, de 25 anos, que, lembre-se, conquistou a Youth League na «cantera» do Barcelona, em 2018, na companhia de Abel Ruiz.

O calendário do Arouca

26.ª: Moreirense-Arouca

27.ª: Arouca-Farense

28.ª: Sp. Braga-Arouca

29.ª: Arouca-Boavista

30.ª: Rio Ave-Arouca

31.ª: Gil Vicente-Arouca

32.ª: Arouca-Estrela da Amadora

33.ª: Benfica-Arouca

34.ª: Arouca-Vitória de Guimarães

Se no fim destas contas questiona quem almeja alcançar este trio, fique sabendo que Samuel Essende, do Vizela, leva 13 golos, mais um que Héctor Hernández (Desp. Chaves) e Rafa (Benfica).

Quanto aos donos do ataque do FC Porto, Evanilson lidera a contagem, com 10 golos em 20 partidas.

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados