Rangers: um goleador improvável e uma equipa que sabe empatar o Benfica

23 fev, 12:10
Rangers (AP Photo/Scott Heppell)

Escoceses são o adversário dos encarnados nos oitavos de final da Liga Europa. A principal figura é James Tavernier, mas o plantel conta ainda com o português Fábio Silva

O sorteio dos oitavos de final da Liga Europa ditou que o Benfica vai defrontar os escoceses do Rangers. A primeira mão, que acontece depois da deslocação do Benfica ao Dragão, está marcada para 7 de março, no Estádio da Luz, enquanto o segundo jogo, em Glasgow, disputa-se uma semana depois.

A equipa de Roger Schmidt chegou a esta fase da Liga Europa depois de ultrapassar o Toulouse no play-off, isto já após a queda da Liga dos Campeões.

Já os escoceses, terminaram na primeira posição do Grupo C da Liga Europa, com 11 pontos, à frente de Sparta Praga (10), Betis (9) e Aris Limassol (4). Curiosamente, não venceram os cipriotas: derrota por 2-1 fora e empate (1-1) em casa. O maior destaque vai mesmo para o triunfo no Benito Villamarín.

O Rangers já venceu a Taça da Liga escocesa esta época, está nos quartos de final da Taça da Escócia e é líder do campeonato, com 64 pontos ao fim de 26 jornadas, mais dois do que o segundo classificado, o Celtic.

A equipa escocesa, que por esta altura vai numa série de nove jogos sem perder, tem 31 vitórias, cinco empates e seis derrotas em 42 jogos esta temporada. Além disso, soma 86 golos marcados e 31 sofridos. Quer isto dizer que, em média, o Rangers marca mais de dois golos por jogo (2.05) e sofre menos de um por partida (0.74).

Um lateral goleador e um português no plantel

Desde logo, importa destacar que o Rangers conta com um português nas suas fileiras, o avançado Fábio Silva, que rumou a Glasgow em janeiro, por empréstimo do Wolverhampton. Ainda não agarrou a titularidade absoluta, mas leva dois golos em oito jogos.

A grande figura da equipa é o capitão James Tavernier. É lateral-direito, mas só esta temporada já vai em 19 golos e 10 assistências, muito por culpa de ser o homem das bolas paradas, com especial destaque para os penáltis.

Importa, também, ter debaixo de olho o defesa-central Connor Goldson ou o avançado Abdallah Sima, que já tem 15 golos esta época.

A equipa é comandada pelo belga Philippe Clément, de 49 anos, que também já passou por Mónaco, Club Brugge e Genk.

O histórico de empates

Quanto ao histórico de confrontos, o Benfica nunca perdeu… mas também nunca ganhou ao Rangers.

As duas equipas já se defrontaram em duas ocasiões, na fase de grupos da Liga Europa, em 2020/21, quando as águias eram comandadas por Jorge Jesus. As duas partidas terminaram em empate: 3-3 na Luz e 2-2 na Escócia.

Os escoceses ficaram à frente dos encarnados, no primeiro lugar, com 14 pontos, contra 12. Em ambos os jogos o Benfica esteve com uma desvantagem de dois golos e só dentro do último quarto de hora conseguiu o empate.

Eis o onze que o Benfica apresentou na última vez em que defrontou o Rangers: Helton Leite, Gilberto, Jardel, Jan Vetonghen, Álex Grimaldo, Gabriel, Chiquinho, Rafa Silva, Luca Waldschmidt, Everton Cebolinha e Haris Seferovic.

Entre titulares e opções do banco de suplentes, apenas Rafa se mantém na Luz.

Onze do Benfica na última vez em que defrontou o Rangers

 

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados