Três voluntários do Crescente Vermelho morrem a salvar vítimas das inundações na Líbia

Agência Lusa , NM
12 set 2023, 15:32
Cheias na Líbia (fonte X-Twitter)

Cheias já provocaram mais de três mil mortos

Três voluntários da ONG Crescente Vermelho Líbio morreram quando ajudavam vítimas das inundações na Líbia, informou esta terça-feira a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV).

"Notícias comoventes da Líbia. Três voluntários da LibyaRC perderam a vida enquanto ajudavam famílias detidas pelas inundações", escreveu o chefe da FICV, Jagan Chapagain, na rede social X (antes conhecida como Twitter).

Os voluntários procuravam salvar vidas nas inundações que já mataram mais de 2.300 pessoas e provocaram ferimentos em mais de 7.000 pessoas na cidade de Derna, no leste da Líbia.

As autoridades dizem que continuam desaparecidas mais de 5.000 pessoas, mas admitem que o número possa ultrapassar as 10.000.

A tragédia começou quando as duas principais barragens do pequeno rio Wadi Derna romperam durante a noite de domingo para segunda-feira, causando deslizamentos de terra, destruindo pontes e edifícios.

Estradas cortadas, deslizamentos de terra e inundações impediram que a ajuda humanitária chegue à população, que teve de utilizar meios rudimentares para recuperar corpos e extrair sobreviventes à beira do afogamento.

Derna e outras cidades estão isoladas do resto do mundo, apesar dos esforços das autoridades para restaurar as redes móveis de telefone e de Internet.

África

Mais África

Patrocinados