James Bond será "reinventado". O (pouco) que foi revelado até agora sobre a continuação da saga

CNN Portugal , FMC
30 jun, 16:08
Ralph Fiennes, Barbara Broccoli, Michael G. Wilson and Naomie Harris na cerimónia da BFI de homenagem aos produtores dos filmes James Bond (David M. Benett/ Getty)

A produtora Barbara Broccoli da saga 007 declarou que as filmagens da sequela ainda vão demorar e que as audições para o substituto de Daniel Craig ainda não começaram, uma vez que ainda estão em processo de criação

A produtora dos filmes do 007, Barbara Broccoli, criou algum suspense sobre o próximo filme. Em declarações à revista Deadline, contou a concretização está em curso, mas que demorará "pelo menos dois anos" até começarem as filmagens, uma vez que estão "a reinventar" a personagem, James Bond. 

A saga irá para o 26º filme e a estreia não deverá acontecer antes de 2025, garantiu Broccoli, que anunciou ainda que as audições para substituir Daniel Craig ainda não foram iniciadas, avança o jornal The Guardian

"Ninguém está a concorrer", disse. "Estamos a trabalhar para saber onde ir com ele, estamos a falar disso. Não há um guião e não podemos arranjar um até decidirmos como vamos abordar o próximo filme porque, na verdade, é uma reinvenção de Bond. Estamos a reinventar quem ele é e isso leva tempo. Eu diria que as filmagens estão a pelo menos dois anos de distância". 

O ator Daniel Craig abandonou a série depois de protagonizar cinco filmes, sofrendo um fim inesperado em "007: No Time do Die" no ano passado. O final impulsionou várias especulações sobre o futuro do agente secreto, sendo que os fãs acreditam que o foco no futuro será em histórias de infância ou dos primeiros anos de espionagem de Bond. 

As revelações de Barbara Broccoli decorreram durante o jantar em que ela e o irmão Michael G Wilson foram premiados com uma bolsa pelo British Film Institute, num evento privado realizado no Hotel Claridge's, no centro de Londres. Durante o evento, dedicado aos 60 anos de história de 007, a dupla foi descrita como "dois gigantes do cinema" e agraciada com mensagens de várias figuras conhecidas, como por exemplo Daniel Graig. 

Os dois foram apresentados por Ralph Fiennes e Naomie Harris, que interpretam M e Moneypenny. No seu discurso, Fiennes assumiu que depois do destino dado a Bond na última obra "ele e Naomie são as pessoas certas para o consertar". Dirigindo-se aos produtores, brincou: "Vocês encontram-no e nós ensinamo-lo", salientando ainda que os irmãos são "exemplos de produtores e cineastas”.

Pouco se sabe sobre a nova personagem, que pode também ser afetada pela perda dos direitos de propriedade da criação de Ian Fleming na sequência da venda do estúdio MGM à Amazon, mas a produtora garante que será masculino, depois de rumores que especulavam o contrário. 

Apesar da espera ainda ser longa, os fãs das aventuras do agente poderão acompanhá-lo até lá no pequeno ecrã na série "Road to a Million" de 007, em produção, que terá estreia na Amazon Prime. 

Artes

Mais Artes

Patrocinados