Ancelotti surpreso com o fim do Valência-Real: «Nunca me aconteceu»

3 mar, 10:56

Italiano abordou o alegado golo que daria o triunfo, mas que não contou pelo facto de o árbitro ter terminado o jogo instantes antes

O jogo entre o Valência e o Real Madrid teve um final polémico. O árbitro decidiu apitar para o fim da partida numa altura em que Brahim Díaz estava a cruzar para a área «che», bola que foi aproveitada por Bellingham para marcar. No entanto, a finalização do inglês não contou, uma vez que aconteceu após o apito final.

Os jogadores do Real Madrid ainda festejaram o golo da suposta vitória, mas no momento em que se aperceberam do ocorrido... o que menos fizeram foi festejar. Com muita confusão e discussão, os madridistas ficaram incrédulos, especialmente Bellingham, que acabou por ser expulso. 

Depois do encontro, Carlo Ancelotti abordou o que se passou nos segundos finais. «É uma coisa sem precedentes, porque depois do ressalto tínhamos a posse da bola e tinha de parar o jogo se o Valência tivesse a posse. Não há mais nada a dizer, nunca me aconteceu. O que Bellingham disse não foi um insulto. Foi algo sem precedentes, nunca me aconteceu. Se ele apita quando o guarda-redes do Valência afasta a bola, tudo bem, mas ele deixou continuar e nós tínhamos a posse de bola. Foi um erro», apontou o italiano.

Recorde o lance no vídeo associado ao artigo. 

[IMAGENS VÍDEO ELEVEN NA DAZN]

Relacionados

Patrocinados