Brasileirão: Palmeiras de Abel goleia, Caixinha, Evangelista e Oliveira perdem

26 out 2023, 08:50
Abel Ferreira (Cesar Greco/Palmeiras)

«Verdão» iguala a sua maior vitória no duelo paulista. Golaço de Piquerez, que bisou tal como Breno Lopes, fechou o 5-0 com um golaço

O Palmeiras recebeu e goleou o São Paulo, por 5-0, no duelo paulista da 29.ª jornada do Brasileirão, disputado na noite de quarta-feira (já madrugada desta quinta-feira em Portugal).

O segundo triunfo consecutivo da equipa treinada pelo português Abel Ferreira no campeonato foi construído com dois golos de Breno Lopes (17m, 27m), dois de Joaquín Piquerez (45+7m de penálti, 87m) e um de Marcos Rocha (85m).

Piquerez fechou mesmo o resultado com um golaço de pé esquerdo, num remate espetacular, ao canto superior esquerdo da baliza defendida por Rafael, que permitiu ao Palmeiras igualar a sua maior vitória de sempre no «choque-rei», um dos clássicos do Brasil.

Numa noite que teve mais seis jogos, houve três derrotas de equipas treinadas por portugueses.

O Goiás, de Armando Evangelista, perdeu por 5-3 na visita ao Fluminense, que venceu com golos de Felipe Melo (17m), Jhon Arias (37m, 47m) e Keno (53m de penálti, 62m). O Goiás marcou por Allano (5m), Matheus Babi (13m) e Julián Palacios (68m).

O Bragantino, de Pedro Caixinha, perdeu depois de oito jogos sem qualquer derrota: 2-1 na receção ao Atlético Mineiro, que venceu com golos de Hulk (36m de penálti) e Igor Gomes (80m). Talisson fez o golo da equipa de Bragança Paulista, aos 84 minutos.

Já o Cuiabá, de António Oliveira, perdeu por 1-0 na receção ao Corinthians. Ángel Romero, aos 77 minutos, resolveu o encontro.

Nos outros jogos, o Athletico Paranaense venceu o América Mineiro (3-2), o Cruzeiro bateu o Bahia (3-0) e o Grémio superou o Flamengo, por 3-2.

Com os resultados da última noite, o Bragantino perdeu a hipótese de isolar-se ainda mais no segundo lugar e pressionar o líder Botafogo: é segundo classificado, com 52 pontos, a sete do Botafogo, que tem 59 e menos um jogo. Já o Palmeiras ascendeu ao terceiro lugar, com 50 pontos, os mesmos do Flamengo, agora quarto na tabela. O Cuiabá é 12.º com 37 pontos e o Goiás é 16.º com 31 pontos, um acima da zona de descida, mas em risco de cair para esta, pois Vasco e Santos têm um jogo a menos e 30 pontos cada.

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Mais Lidas

Patrocinados