CEO do Leverkusen avisa treinador: «Precisamos de resultados»

3 out, 18:27
Gerardo Seoane (AP Photo/Matthias Schrader)

Fernando Carro admite que tem alternativas paras substituir Gerardo Seoane

O treinador do Leverkusen, Gerardo Seoane, chega esta terça-feira ao Dragão muito pressionado. Os farmacêuticos estão na penúltima posição da Bundesliga, com apenas cinco pontos em oito jornadas e, devido ao mau arranque de temporada, a administração do clube já admite procurar uma alternativa ao suíço.

«Precisamos de resultados a curto prazo. Não em duas ou três semanas, mas o mais rápido possível: na terça-feira contra o FC Porto e, talvez ainda mais importante, contra o Schalke depois. Temos de conseguir os três pontos», disse o CEO Fernando Carro, em declarações à Sport1.

O dirigente lamentou a derrota pesada no terreno do Bayern Munique (4-0) e assumiu que o clube está preparado para mudar o homem do leme.

«Não somos ingénuos, estamos preparados. Se não nos preparássemos para todas as situações, não estaríamos a fazer bem o nosso trabalho. Seria uma afronta se ficássemos com Gerardo apenas devido à falta de alternativas. Ele ainda é o treinador porque realmente acreditamos nele e nas suas capacidades. Acreditamos que podemos mudar as coisas com ele», realçou.

«O treinador não perdeu a equipa. O espírito de equipa também está intacto. Mas isso não foi mostrado em campo em Munique. Nos próximos jogos temos de mostrar uma atitude diferente, independentemente do resultado. Não pode acontecer como em Munique. Isso não é aceitável», rematou.

O FC Porto recebe o Bayer Leverkusen esta terça-feira, pelas 20h00, em jogo da terceira jornada do Grupo B da Liga dos Campeões. Os germânicos somam uma vitória e estão na segunda posição, enquanto os dragões estão no último lugar sem qualquer ponto conquistado.

Relacionados

Champions

Mais Champions

Patrocinados