Ozil: o dia em que Mourinho lhe chamou cobarde no balneário do Real

2 mar 2017, 14:01
Dortmund-Real Madrid [EPA e Reuters]

Criativo alemão vai lançar autobiografia e recorda momento tenso quando jogava no Real Madrid.

Mesut Ozil prepara-se para lançar uma autobiografia em meados deste mês e o jornal alemão Bild já revelou excertos da obra do jogador do Arsenal.

Um deles conta a história de uma desavença com José Mourinho, quando o futebolista alemão era treinado pelo português no Real Madrid, que o confrontou com a alegada falta de empenho nos jogos.

«Tu pensas que dois passes bonitos bastam... Pensas que és tão bom que 50 por cento chega», terá dito Mourinho durante essa discussão no balneário merengue.

Ozil fala num ambiente de cortar à faca e que o levou a atirar a camisola na direção do técnico português num gesto de manifesta falta de paciência. «Estás a desistir agora? És um cobarde», atirou Mourinho, segundo o Bild.

O médio alemão confessa que, apesar de admirar Mourinho, odiava-o naquele preciso momento, apesar de, anos depois, reconhecer que o português tinha a intenção de espicaçá-lo. «O que é que tu queres? Tomar um duche quente, passar champô pelo cabelo? Estar sozinho? Ou queres provar aos teus companheiros, aos adeptos e a mim o que podes fazer?»

A autobiografia de Mesut Ozil é lançada na Alemanha a 16 de março.

Patrocinados