Carvalhal: «O principal momento no jogo foi o golo do Ricardo Horta»

Nuno Dantas , Estádio Municipal de Famalicão
15 mai, 20:41
Famalicão-Sp. Braga

Técnico faz um balanço positivo da época

Carlos Carvalhal, treinador Sp. Braga, na sala de imprensa, após derrota por 3-2 frente ao Famalicão:

«Um jogo onde entrámos bem, depois houve uma reação do Famalicão e tivemos dificuldade a reagir a isso porque perdemos capacidade de pressão à frente. O jogo teve de positivo o facto de acabarmos o jogo com oito jogadores da formação. O clube está recheado de jogadores jovens talentosos.

Outro aspeto positivo foi o golo de Ricardo Horta, que entra na história do clube. Fico extremamente orgulhoso como treinador viver e estar presente neste marco histórico. Festejei o golo como se tivesse sido eu a fazer. Foi o principal momento no jogo de hoje.

Fizemos uma grande segunda volta. Ganhamos em Alvalade, fomos a única equipa a ganhar ao FC Porto, ganhámos ao Benfica e, por isso, só posso estar satisfeito com a performance da equipa.

[É uma herança que deixa no Sp. Braga?] Eu percebo a pergunta e não há nada a acrescentar daquilo que já disse. Terça vamos reunir com o presidente e, como adultos, vamos conversar. Não adianta tentar sacar-me nada porque tenho 56 anos e já ando nisto há muit, não vão conseguir.

[ocorrências no final do jogo depois de um bom jogo] É lamentável e não me revejo naquelas situações. Ainda por cima num jogo que não decidida nada e o nervosismo não se justificava. Isto não é futebol e temos de dar o exemplo, principalmente aos miúdos que nos veem».

Relacionados

Patrocinados