PS e PSD propõem composição da delegação parlamentar que vai visitar Kiev

Agência Lusa , DCT
6 jun, 13:32
Edifício destruído por míssil russo em Kiev. (AP Photo/Natacha Pisarenko)

No passado dia 31, a Assembleia da República aprovou a deslocação de uma comitiva de deputados portugueses ao parlamento da Ucrânia, ainda sem data prevista, com a oposição do PCP

PS e PSD apresentaram esta segunda-feira um requerimento conjunto com a composição da delegação de deputados da Assembleia da República que vai visitar o parlamento da Ucrânia, deslocação ainda sem data conhecida publicamente.

De acordo com este requerimento, a que a agência Lusa teve acesso, os dois maiores grupos parlamentares propõem que as maiores bancadas, PS e PSD, indiquem dois deputados, cabendo um deputado a cada um dos restantes grupos parlamentares.

Ainda segundo este mesmo requerimento, podem também integrar esta comitiva deputados únicos que tenham assento na Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas.

Os deputados únicos do parlamento são Rui Tavares, do Livre, e Inês de Sousa Real, do PAN, mas não integram a lista de membros efetivos da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros.

Deslocação de comitiva de deputados portugueses já foi aprovada

No requerimento conjunto do PS e PSD sugere-se ainda que a organização da deslocação ao parlamento da Ucrânia “fique a cargo dos respetivos serviços competentes da Assembleia da República, em articulação com o gabinete do presidente”, Augusto Santos Silva, e com o presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros, o deputado socialista Sérgio Sousa Pinto.

No passado dia 31, a Assembleia da República aprovou a deslocação de uma comitiva de deputados portugueses ao parlamento da Ucrânia, ainda sem data prevista, com a oposição do PCP.

Os deputados da Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas aprovaram então dois requerimentos apresentados por PS e PSD para a realização da visita de uma delegação da Assembleia da República ao parlamento de Kiev.

Esses dois requerimentos foram aprovados com os votos a favor de todas os partidos, exceto o Grupo Parlamentar do PCP, que votou contra.

Ainda não há data prevista para esta deslocação. O presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, aceitou o convite do seu homólogo ucraniano para se deslocar a Kiev, numa visita que disse estar a ser preparada com a devida discrição.

O convite chegou durante uma reunião por videoconferência entre o presidente do parlamento português, Augusto Santos Silva, e o homólogo ucraniano, Ruslan Stefanchuk, em 18 de maio.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados