Presidente turco e primeiro-ministro sueco vão reunir-se em Vilnius na segunda-feira. Adesão de Estocolmo pode ser aprovada para a semana

6 jul 2023, 15:25
Stoltenberg

O encontro entre Recep Tayyip Erdogan e Ulf Kristersson é visto como um passo fulcral rumo à adesão da Suécia à Aliança Atlântica

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, anunciou esta quinta-feira que vai convocar uma reunião com o presidente turco e o primeiro-ministro sueco para a próxima segunda-feira em Vilnius, na véspera da cimeira da NATO, que também decorrerá na capital da Lituânia.

O encontro entre Recep Tayyip Erdogan e Ulf Kristersson é visto como um passo fulcral rumo à adesão da Suécia à Aliança Atlântica.

Stoltenberg afirmou que é possível que haja um desenvolvimento positivo em relação à adesão da Suécia já na próxima semana, e reiterou que qualquer atraso na entrada do país escandinavo seria do agrado de Vladimir Putin e do PKK, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, considerado uma organização criminosa na Turquia.

"O que é importante é que tenhamos um resultado positivo na próxima semana. Chegou a altura da Suécia aderir à NATO", afirmou Stoltenberg.

Suécia assinala progressos após reunião com Turquia, Finlândia e NATO

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Suécia, Tobias Billstrom, reconheceu que foram feitos progressos rumo à adesão do país à NATO após uma reunião esta quinta-feira em Bruxelas, que juntou representantes de Suécia, Finlândia, Turquia e da Aliança Atlântica.

Billstrom disse também que a Turquia reconheceu os progressos feitos por Estocolmo e que espera uma decisão "positiva" na cimeira de Vilnius, agendada para 11 e 12 de julho. No entanto, afirma que quem tem a última palavra é Ancara.

"Não vejo mais nada que possa ser feito neste momento, acreditamos que cumprimos as nossas obrigações ao abrigo do memorando com a Turquia", disse Billstrom, citado pela Reuters.

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados