George W. Bush comete gafe histórica: Iraque em vez de Ucrânia

19 mai, 18:12

Presidente mostra que ainda não conseguiu ultrapassar o falhanço da guerra dos Estados Unidos no Iraque, questão que lhe veio à cabeça quando falava da Ucrânia

George W. Bush cometeu esta quarta-feira uma gafe ao falar da invasão da Ucrânia pela Rússia. É que, em vez de dizer Ucrânia, o antigo presidente dos Estados Unidos disse Iraque, falando numa “invasão brutal e completamente injustificada”.

A gafe, por si só, já seria grave, mas ganha ainda mais dimensão dita por quem a proferiu. É que foi precisamente George W. Bush quem, em 2003, ordenou a invasão do Iraque por parte dos Estados Unidos, na altura escudando-se naquilo que dizia ser um depósito de armas de destruição maciça, numa altura em que o país ainda procurava reagir aos ataques terroristas do 11 de setembro.

Ainda assim, o antigo presidente não perdeu a compostura: “75 anos…” disse apenas, referindo-se à sua idade, ao mesmo tempo que arrancava um riso à audiência da biblioteca que tem o seu nome, em Dallas.

Sobre a guerra no Iraque, recorde-se que George W. Bush já admitiu, por várias vezes, que não tomou a decisão correta: “Ninguém ficou mais chocado e zangado que eu quando não encontrámos as armas”, escreveu no livro Decision Points, no qual conta as suas memórias.

De resto, nota-se que a questão continua a perturbar-lhe os pensamentos.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados