Futebolista de 17 anos constituído arguido após agredir árbitro

4 mar, 17:53
Apito de árbitro (AP)

Momento ocorreu no passado domingo, em Loulé, no Campinense-Olhanense

Foi constituído arguido o futebolista de 17 anos que agrediu um árbitro no passado domingo, confirmou à Lusa fonte da GNR.

O momento ocorreu num jogo do segundo escalão distrital de sub-17, em Loulé, no Campinense-Olhanense, tendo sido a denúncia formalizada esta segunda-feira pela União de Núcleos do Algarve, que junta três núcleos de árbitros federados na Associação de Futebol do Algarve (AFA).

Em comunicado, a união de núcleos escreve que após receber ordem de expulsão, um futebolista do Campinense «atuou de forma cobarde contra o árbitro, socando-o por duas vezes na zona abdominal».

Os núcleos de árbitros de futebol do Algarve frisam que esta foi «a terceira vez na época 2023/24 que árbitros são agredidos enquanto desempenham as suas funções”, pedido às autoridades que tomem «medidas firmes e rápidas para punir o agressor de forma exemplar».

Apesar do ocorrido, o árbitro não necessitou de assistência médica, mas teve a segurança garantida pelos militares da GNR.

 

 

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados