Saiba tudo sobre o Euro aqui

«Não existe nenhum caso entre a treinadora do Benfica e a Jéssica Silva»

26 mar, 15:53
Filipa Patão (RUI MINDERICO/LUSA)

Filipa Patão garante que o assunto relacionado com a internacional portuguesa foi tratado «internamente»

Na antevisão ao jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões feminina, em casa do Lyon, a treinadora do Benfica abordou a ausência de Jéssica Silva.

Filipa Patão garantiu, apesar do silêncio nos últimos dias, que «não há caso nenhum» com a internacional portuguesa que, segundo os encarnados, realizou recentemente tratamento a lesão.

«Simplesmente, aquilo que eu fiz foi não alimentar algo que tratamos internamente. Seja lesões, seja um comportamento menos bom, menos correto de alguma jogadora, nós tratamos internamente. Está tratado, foi tratado desde o início, portanto, não há aqui caso nenhum. Não existe nenhum caso entre a treinadora do Benfica e a Jéssica Silva ou entre a Jéssica Silva e a treinadora do Benfica», disse a treinadora em conferência de imprensa.

No último treino antes da viagem para França, Kika Nazareth fez corrida de recuperação, enquanto Jéssica Silva treinou com as colegas nos 15 minutos abertos à comunicação social. Ainda assim, as duas integram o lote de disponíveis.

Quanto ao jogo com as francesas, Filipa Patão entende que «não existem impossíveis», apesar da derrota por 2-1 na Luz, diante de uma equipa que já venceu a competição em oito ocasiões.

«Impossíveis não existem no futebol. E mesmo que existissem, costumo dizer que não são para nós. Já demonstrámos várias vezes, ao longo dos anos, que gostamos de coisas ditas impossíveis. Só são impossíveis até alguém as tornar possíveis e até conseguirmos mudar a página da história», vincou.

«Se conseguimos marcar sempre um golo, temos de ser competentes em não sofrer nenhum e marcar sempre mais. Independentemente do valor do adversário, nós também temos o nosso valor, também somos uma equipa com qualidade e não temos nada a perder. A verdade é esta: temos tudo a ganhar e nada a perder. Vamos com esse espírito para Lyon», apontou.

Marie Alidou também seguiu a linha de pensamento da treinadora e concordou que «no futebol não há impossíveis».

«Gostamos deste tipo de pressão e de jogos como este. Já mostrámos nesta competição e noutras que gostamos da pressão. Na verdade, é até um privilégio. Mesmo sendo um jogo fora estamos prontas para ir com tudo e não importa onde jogamos», afirmou.

O Benfica visita o Lyon na quarta-feira, num jogo marcado para as 17h45, no Estádio do Lyon.

Relacionados

Patrocinados