Da Crimeia a São Petersburgo, russos choram vítimas do atentado em dia de luto nacional

24 mar, 13:06
Em São Petersburgo, na Crimeia controlada pela Rússia, por toda a cidade de Moscovo e até mesmo em frente ao fatídico Crocus City Hall. Dezenas de russos choram pelas mais de 130 pessoas que perderam a vida no ataque da passada sexta-feira, naquele em que se assinala o dia de luto nacional decretado por Vladimir Putin.

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados