Fitch mantém rating de Portugal em BBB, mas perspetiva sobe de estável para positiva

Agência Lusa
7 mai, 01:01
Fernando Medina (Lusa/José Sena Goulão)

O ministro das Finanças reagiu em comunicado

A agência de 'rating' Fitch manteve esta sexta-feira o nível de investimento da dívida soberana portuguesa em ‘BBB’, mas subiu a perspetiva de estável para positiva, destacando o desempenho orçamental e considerando que a estabilidade política apoia a redução da dívida.

"Uma recuperação económica mais forte do que o esperado e um grau de contenção de despesa na resposta do Governo à pandemia levaram a melhores resultados orçamentais em relação à média da zona euro", refere a agência na nota divulgada esta sexta-feira, recordando que o défice orçamental português atingiu 2,8% do PIB em 2021, abaixo dos 5,8% em 2020, e significativamente melhor do que a meta do Governo de 4,3% do PIB e inferior ao défice médio da zona euro.

A Fitch deverá voltar a olhar para a dívida portuguesa no dia 28 de outubro, estando previsto que a próxima agência a pronunciar-se sobre Portugal deverá ser a Moody’s, no dia 20 de maio.

Em comunicado, o ministro das Finanças, Fernando Medina, disse que "decisão da Fitch reforça a credibilidade financeira de Portugal e confirma a importância de continuarmos a implementar políticas que combinem a recuperação da economia, a sustentabilidade das contas públicas e uma estratégia de redução da dívida pública". 

“Esta melhoria decidida pela Fitch permite enfrentar a incerteza internacional e eventuais alterações de política monetária com confiança acrescida, suportada na política do Governo para defender as condições de financiamento das empresas, das famílias e da República”, acrescenta.

Economia

Mais Economia

Patrocinados